Buscar

O prazer de comer



Durante muito tempo, sentir prazer em comer foi associado a um incômodo sentimento de culpa. As dietas extremamente restritivas e a carência de informação fizeram com que muitos de nós aprendêssemos que comida saudável era sinônimo de comida sem graça.


Mas é hora de desaprendermos esse equívoco.


Hoje sabemos que boas gorduras são bem-vindas à nossa dieta, pois além de fazer bem à saúde, elas nos ajudam a emagrecer! Além de proporcionarem aquele sabor especial aos nossos pratos.


O ovo, um dos primeiros na fila dos vilões até pouco tempo, hoje é considerado grande aliado nas nossas dietas pela riqueza de seus nutrientes, por retardar o envelhecimento e, claro, pela sua versatilidade. Há programas alimentares que incluem ovo em todas as refeições. Quem diria, hein!


E até o cafezinho, tão mal falado em outras épocas por causa da cafeína que provocava irritação, hoje é associado ao fortalecimento da memória, contribuição com o metabolismo e até queima de calorias. Aliás, o café sem açúcar tem zero caloria, queridos!


Pois é, graças à informação, podemos resgatar o prazer de saborear tantos alimentos antes condenados e que nos causavam remorso cada vez que iam para o nosso prato.


A grande verdade é que a maioria dos alimentos, com exceção dos ultraprocessados, são bem-vindos. O que precisamos aprender é a consumi-los de forma equilibrada.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo